Trabalhadores do metro de Londres fazem greve esta segunda-feira

01/03/2022

Algumas linhas do metro de Londres estão suspensas e outras a funcionar de forma condicionada esta segunda-feira devido à greve feita por milhares de trabalhadores como protesto em relação aos despedimentos e alteração das pensões.

Cerca de 10.000 trabalhadores do sindicato Ferroviário, Marítimo e Transportes (RMT) participaram nesta iniciativa o que provocou, a partir das 8h00, o mau funcionamento de algumas linhas do metro de Londres, assim como do London Overground e a suspensão de outras. Contudo, a TfL Rail e a Docklands Light Railway estão a funcionar normalmente.

A greve levou a que se gerassem longas filas para os autocarros e táxis. Alexis George, que é deficiente motor, disse que a greve causou uma fila “muito inconveniente” para os táxis e que normalmente não há tantas pessoas, portanto consegue chegar ao trabalho em 20 minutos. “Hoje vou-me atrasar. Este é o único meio de transporte para chegar ao trabalho e não costumo usar o metro porque não há acesso sem degraus na estação de Charing Cross”.

Because of the tube strike people are fighting each other to get on buses pic.twitter.com/Ry6cZddaHc

— Neil Lawrence (@neilodor) March 1, 2022

O diretor de operações da Transport for London (TfL), Andy Lord, pediu desculpa e disse entender que as pessoas fiquem “frustradas”, acrescentando: “Não propusemos nenhuma mudança nas pensões ou nos termos e condições e ninguém perdeu ou perderá o seu emprego por causa das propostas que apresentamos, portanto, esta ação é completamente desnecessária”. Porém, o sindicato RMT declarou que uma segunda greve ocorrerá na próxima quinta-feira, a menos que um acordo seja feito.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista