Rolling Stones assinalam 60 anos com digressão na Europa

14/03/2022

A digressão de celebração dos 60 anos de carreira da banda liderada por Mick Jagger tem espetáculos agendados, até 31 de julho, na Alemanha, em Itália, no Reino Unido, nos Países Baixos, na Suíça, na Bélgica, na Áustria, em França e na Suécia.

Esta será a primeira digressão europeia da banda sem o baterista Charlie Watts, que morreu em agosto do ano passado, aos 80 anos.

Charlie Watts entrou no grupo em 1963, sendo o terceiro baterista dos Rolling Stones, mas, de longe, o mais duradouro e um de três elementos da banda, com o guitarrista Keith Richards e o vocalista Mick Jagger, a constar de todos os discos de estúdio.

Diagnosticado com um cancro na garganta em 2004, ultrapassou a doença e figurou não só nos discos lançados pela banda desde aí (“A Bigger Bang”, de 2005, e “Blue & Lonesome”, de 2016), mas também editou trabalhos em nome próprio, acompanhado por outros coletivos, com destaque para o aclamado disco com a Danish Radio Big Band, de 2010.

Na digressão norte-americana que a banda realizou no ano passado, Charlie Watts foi substituído por Steve Jordan, que irá acompanhar os Rolling Stones na digressão europeia.

Os Rolling Stones, formados em 1962, já atuaram várias vezes em Portugal, a última das quais em 2014, no festival Rock in Rio Lisboa. Na altura, o concerto contou com uma participação de Bruce Springsteen.

“A Bigger Bang”, de 2005, é o último álbum de originais do grupo, mas depois desse os Rolling Stones editaram em 2016 “Blue & Lonesome”, feito apenas de versões e que lhes valeu um prémio Grammy de melhor álbum de blues tradicional.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista