Registado aumento dos níveis de radiação em Chernobyl após invasão russa

25/02/2022

A agência nuclear da Ucrânia avançou, esta sexta-feira, segundo a Sky News, que foi registado um aumento dos níveis de radiação em Chernobyl, após o exército russo ter invadido a cidade ucraniana, conhecida pelo desastre nuclear de 1986.

Segundo a mesma fonte, o aumento dos níveis de radiação é, no entanto, “insignificante” e causado pela poeira levantada pela Rússia, através das movimentações do seu equipamento militar. 

A informação foi confirmada pelo Parlamento Ucraniano, que através de uma publicação no Twitter, sustenta que os “dados do Sistema de Controlo Automático de Radiação” mostram que os “níveis de controlo da dose de radiação gama” terão sido “excedidos num número significativo de pontos de observação”.

Data from the automated radiation monitoring system of the exclusion zone, which is available online, indicate that the control levels of gamma radiation dose rate (red dots) have been exceeded at a significant number of observation points. pic.twitter.com/G4WEGgkMcT

— Verkhovna Rada of Ukraine (@ua_parliament) February 25, 2022

As informações contradizem, no entanto, as inicialmente divulgadas pela agência noticiosa russa TASS. A mesma começou por noticiar que, pelas 21 horas de quinta-feira, os dados de monitorização do mesmo Sistema de Controlo Automático de Radiação permaneciam dentro da norma nas proximidades da central nuclear.

Na quinta-feira, os russos tomaram o poder de Chernobyl, o que suscitou grandes preocupações internacionais. Isto porque em causa está uma cidade cuja central nuclear, agora desativada, protagonizou aquele que é considerado o maior desastre nuclear da História.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista