Rede traficava cocaína através de bagagens entre Santo Domingo e Madrid

25/11/2022

A Polícia Nacional espanhola desmantelou uma rede criminosa que “alegadamente se dedicava ao tráfico de grandes quantidades de cocaína” de Santo Domingo, na República Dominicana, para o Aeroporto Adolfo Suárez-Madrid Barajas, em Espanha. Segundo um comunicado, esta quinta-feira divulgado, três pessoas foram detidas por traficarem cocaína em malas entre os dois países.

Os detidos “contaram com a conivência dos trabalhadores dos aeroportos” da República Dominicana para exportar o produto estupefaciente para Espanha, onde era posteriormente distribuído na Comunidade de Madrid.

Segundo a autoridade espanhola, a investigação teve início após o conhecimento da “existência de uma organização criminosa que contrabandeava cocaína para Espanha através do aeroporto Adolfo Suárez-Madrid Barajas”.

Durante as diligências policiais, foi possível apurar os “vários pontos utilizados” para guardar a cocaína em Madrid. Os locais estavam sob “numerosas medidas de segurança utilizadas pelos membros da organização, tais como constantes mudanças de veículos e um grande número de reuniões realizadas com várias organizações criminosas”.

Foi ainda possível identificar um voo em que os suspeitos tentaram introduzir uma bagagem com mais de 30 quilogramas de cocaína. No total foram apreendidos 30 pacotes da droga, com um total de 35 quilogramas, além de 2.415 euros em numerário.

Leia Também: Detidas 38 pessoas por criar empresas fictícias em Espanha


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista