Prosseguem buscas para encontrar 10 desaparecidos após incêndio em ferry

21/02/2022

O incêndio no “Euroferry Olympia”, de pavilhão italiano, ainda está ativo após quatro dias.

Apesar desta situação, as equipas de resgate, que incluem unidades de bombeiros, conseguiram controlar o fogo e ganharam um acesso mais amplo ao interior do ‘ferry’ de 183 metros.

Um total de 281 pessoas foram resgatadas do ‘ferry’, segundo as autoridades gregas.

A maior parte dos passageiros e tripulantes foram retirados do ‘ferry’ e levados para a ilha grega de Corfu em botes salva-vidas na sexta-feira. No mesmo dia, outros dois homens foram resgatados do navio por um helicóptero.

No domingo, um homem foi encontrado morto dentro de um camião carbonizado a bordo de um ‘ferry’. Esta vítima mortal, cuja nacionalidade não foi revelada pelas autoridades, era uma das 11 pessoas que estavam dadas como desaparecidas.

Também no domingo, um motorista de um camião, um homem de 21 anos oriundo da Bielorrússia, também foi resgatado vivo da popa do navio, que foi, entretanto, rebocado e está agora fundeado mais próximo da ilha de Corfu.

O acidente ocorreu na madrugada de sexta-feira, ao largo da costa norte da ilha grega de Corfu, no Mar Jónico, entre a Grécia e a Albânia.

A causa do incêndio ainda não é conhecida e foi lançada uma investigação, segundo a guarda costeira grega.

A empresa proprietária do ‘ferry’, com sede na Itália, disse que o incêndio começou num porão, zona onde estavam estacionados vários veículos.

As autoridades gregas declararam que o ‘ferry’ transportava mais de 153 camiões e 32 carros.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista