ONU pede "urgência" para melhorar situação humanitária em Tigray

13/11/2022

Através do seu porta-voz, Guterres pediu aos dois lados para que traduzam rapidamente os seus compromissos “em melhorias concretas para os civis no terreno”, o que deve incluir a aceleração do acesso humanitário e o restabelecimento de serviços essenciais.

O porta-voz, Stéphane Dujarric, disse que a ONU dá as boas-vindas ao acordo alcançado no sábado e reitera que quer apoiar o processo.

Os rebeldes e as autoridades federais da Etiópia anunciaram no sábado que aceitaram “acesso humanitário a todos os que precisam” na região de Tigray, em guerra há dois anos.

O anúncio foi feito em conferência de imprensa após conversações em Nairobi, capital do Quénia, sobre a aplicação do acordo de paz assinado no início do mês em Pretória, nomeadamente sobre o desarmamento das forças rebeldes, o restabelecimento da autoridade federal na região e o encaminhamento de ajuda.

O acordo, que foi assinado pelo marechal Berhanu Jula, chefe de estado-maior das Forças Armadas etíopes (ENDF), e pelo general Tadesse Worede, comandante das forças rebeldes de Tigray, prevê “um acesso humanitário a todos os que precisem”.

A medida terá “efeitos imediatos”, explicou o antigo presidente nigeriano Olusegun Obasanjo, enviado especial da União Africana.

O conflito em Tigray começou em novembro de 2020, quando o primeiro-ministro etíope, Abyi Ahmed, enviou elementos do exército federal para prenderem dirigentes da região que contestavam a sua autoridade há meses e que eram acusados de ter atacado bases militares federais.

Desde o início da guerra, a região de Tigray sofreu “um bloqueio humanitário de facto”, segundo a ONU, o que levou a uma crise duma dimensão ainda desconhecida devido à ausência de rede de telecomunicações e às restrições de acesso impostas pelo Governo etíope.

O conflito provocou milhares de mortos e cerca de dois milhões de deslocados.

Leia Também: Etiópia. Autoridades e rebeldes aceitam “acesso humanitário” no Tigray


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista