Musk não foi a Davos porque é "aborrecido"? Organização nem o convidou

17/01/2023

Apesar de Elon Musk garantir que recusou um convite para marcar presença no Fórum Económico Mundial, na vila suíça de Davos, a organização esclareceu esta terça-feira que o bilionário não foi sequer convidado, “nem este ano nem recentemente”.

Citado pela Associated Press, o porta-voz da organização, Yann Zopf, disse que o último convite feito a Musk data de 2015, e que o dono do Twitter “nunca se registou para qualquer reunião anual em Davos”.

Em dezembro do ano passado, Musk tinha dito aos seus milhões de seguidores que não ia a Davos, em mais uma crítica aos líderes mundiais e à luta pela crise climática.

“A minha razão para recusar o convite de Davos não é porque eles estão envolvidos num esquema diabólico, mas porque me soou muito aborrecido”, afirmou o empresário.

Tanto o Fórum de Davos como o bilionário têm estado debaixo de fogo recentemente. O Fórum Económico Mundial, que todos os anos junta os principais líderes mundiais para falar sobre as respostas às alterações climáticas e a crises económicas, tem sido criticado por não resultar em ações concreta e ambiciosas o suficiente.

Além disso, ativistas ambientais denunciam o facto de muitos líderes e empresários se deslocarem via jatos privados para a vila nos Alpes Suíços, apesar da facilidade em lá chegar por transportes públicos, uma atitude que as organizações climáticas classificam de hipócrita.

Já Musk continua a braços com uma queda estupenda no seu valor de mercado, devido ao declínio do Twitter e da Tesla na bolsa norte-americana. O empresário também está a ser julgado devido a potenciais crimes financeiros em torno de empréstimos obtidos pela produtora de carros elétricos.

Já o seu mandato à frente da rede social resultou numa vaga de milhares de despedimentos e tem sido marcado pelo regresso de figuras controversas e extremistas à plataforma, fator que tem causado alguma preocupação entre os anunciantes do Twitter.

O Fórum Económico Mundial de Davos arrancou na segunda-feira e durará toda a semana, com o foco deste ano a ser o impacto da guerra na Ucrânia e, mais uma vez, a crise climática.

Leia Também: Elon Musk em novo recorde do Guinness (pelos piores motivos)


Faixa Atual

Título

Artista