Marrocos e Israel querem quadruplicar trocas comerciais

22/02/2022

“O nível de intercâmbio económico e comercial entre os dois países, que hoje chega a 130 milhões de dólares [114 milhões de euros] por ano, não é suficiente. Devemos chegar muito rapidamente a 500 milhões de dólares [440 milhões de euros] por ano, e até ir além”, defendeu a ministra Orna Barbivai, à margem da assinatura de um acordo de cooperação comercial com o ministro da Indústria marroquino, Ryad Mezzour.

O acordo prevê conversações para a criação de zonas industriais qualificadas em Marrocos, cooperação entre o setor privado dos dois países e intercâmbio de conhecimentos na área da inovação, adiantou o ministro da Indústria marroquino, destacando o “elevado potencial de investimento” de setores como o digital, agroalimentar, automóvel, aeronáutica, energias renováveis e indústria farmacêutica.

A visita de quatro dias da ministra Orna Barbivai, que chegou domingo a Rabat, marca uma nova etapa na reaproximação entre Marrocos e Israel, iniciada desde a retomada das relações diplomáticas bilaterais em dezembro de 2020.

Os acordos “em negociação” entre os dois países incluem a tributação e cooperação aduaneira, divulgou o ministério da Economia marroquino, em comunicado divulgado.

A visita da ministra de Israel prevê, na terça e quarta-feira, deslocações a Casablanca e Marraquexe, as capitais económica e turística do reino, para visitar empresas têxteis e agrícolas israelitas estabelecidas em Marrocos.

Os dois países estabeleceram relações diplomáticas no início dos anos 1990, antes de Marrocos as encerrar, no início da segunda Intifada, no princípio dos anos 2000.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista