Mais uma obra de arte atacada. Ativistas atiram tinta a pintura de Klimt

15/11/2022

Dois ativistas climáticos atacaram, esta terça-feira, uma pintura de Gustav Klimt, presente no Leopold Museum, em Viena, Áustria, em protesto contra o uso de energias fósseis.

De acordo com a Sky News, um dos membros do grupo ‘Last Generation Austria’ mandou ao quadro um líquido preto e oleoso, enquanto tentou colar a mão à moldura.

Apesar do susto, a pintura não ficou destruída pois tinha uma tampa de vidro como proteção.

Ambos os ativistas acabaram expulsos do museu por um segurança.

VEJA: Ativistas jogam tinta preta em obra de Gustav Klimt e afirmam que “novos poços de petróleo e gás são uma sentença de morte para a humanidade”. pic.twitter.com/7fNL44Mme6

— CHOQUEI (@choquei) November 15, 2022

Recorde-se que, nos últimos meses, várias obras de arte foram atacadas por ativistas climáticos que lutam contra o uso de energias fósseis, entre as quais ‘O Grito’ de Munch e várias obras de Van Gogh.

Leia Também: Ativistas pelo clima riscam e colam-se a obra de Andy Warhol na Austrália


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista