Mais de 520 mil refugiados já fugiram da Ucrânia desde início da invasão

01/03/2022

O êxodo em massa de refugiados da Ucrânia para o extremo oriental da União Europeia não mostrou sinais de abrandamento esta segunda-feira, com a Organização das Nações Unidas (ONU) a estimar que mais de 520 mil pessoas já abandonaram o território ucraniano na sequência da invasão russa, informa o Washington Post.

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, Filippo Grandi, em declarações ao Conselho de Segurança da ONU, disse que mais de 520.000 refugiados tinham fugido da Ucrânia, um número que “tem vindo a aumentar exponencialmente, hora após hora”.

Nos últimos dias, têm vindo a ser reportadas longas filas nos postos fronteiriços entre a Ucrânia e países como a Polónia, Hungria, Eslováquia, Roménia e Moldávia. Consequentemente, Filippo Grandi acredita que o número de refugiados possa atingir os quatro milhões nas próximas semanas.

O embaixador polaco da ONU, Krzysztof Szczerski, em declarações na Assembleia Geral, disse que indivíduos de cerca de 125 nacionalidades (incluindo uzbeques, nigerianos, indianos, marroquinos, paquistaneses, afegãos, iranianos, iraquianos, turcos e argelinos) tinham chegado ao país, na sequência do fluxo migratório.

Até ao momento, a Polónia foi o país que recebeu um maior número de refugiados ucranianos (mais de 280 mil). Porém, o fluxo de refugiados está já a chegar a outros países europeus, como é o caso da Alemanha, que esta segunda-feira acolheu já 1.800 migrantes ucranianos.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista