EUA proíbem importação de artefactos culturais vindos do Afeganistão

23/02/2022

Os Estados Unidos restringiram a importação de artefactos culturais e históricos do Afeganistão, na esperança de evitar que os terroristas lucrem com a venda destes objetos. A medida foi anunciada na terça-feira pelo Departamento de Estado.

Esta nova lei previne a entrada no país de cerâmicas, pinturas, vidros, marfim, têxteis antigos, azulejos e peças de madeira, entre outros objetos afegãos.

Em comunicado, o Departamento de Estado norte-americano diz que “estas restrições de importação visam impedir que materiais traficados de forma ilícita entrem no mercado de arte dos EUA”. O objetivo é reduzir “o incentivo à pilhagem do património cultural do Afeganistão, combatendo o lucro da venda desses objetos culturais por terroristas e organizações criminosas”.

Esta medida surge depois de um pedido, em abril de 2021, do governo afegão apoiado pelos EUA, quando uma coleção de 33 artefactos foi apreendida de um negociante de arte de Nova Iorque.

Recorde-se que, no ano passado, a UNESCO pediu aos Talibãs para ajudar a preservar a herança cultural do Afeganistão. Na altura, a organização alertava para o facto de o Afeganistão abrigar uma ampla coleção de património rico e diversificado, parte integrante da história e identidade afegãs, bem como de importância para a humanidade, que deveria ser salvaguardado.

Salientava a importância de se preservar locais como a Cidade Velha de Herat, os Patrimónios Mundiais da UNESCO do Minarete, os vestígios Arqueológicos de Jam, a paisagem cultural, Vestígios Arqueológicos do Vale de Bamiyan, bem como museus, incluindo o Museu Nacional de Cabul, um importante marco cultural no país.

Lembre-se ainda que, em dezembro de 2021, o Museu Nacional do  Cabul reabriu sob uma direção Talibã, cujos membros ajudaram a destruir peças insubstituíveis do património nacional do país. Esta medida norte-americana pretende ajudar a limitar os dados causados à cultura afegã, já bastante prejudicada internamente.


Faixa Atual

Título

Artista