É assim tão inofensivo? O que nunca ninguém lhe contou sobre o ‘déjà vu’

03/02/2022

Todos nós já tivemos aquela sensação intensa de já ter estado ‘naquele’ sítio a presenciar algo, apesar de sabermos que é a primeira vez que acontece. É aquilo a que chamamos de ‘déjà vu’.

Na realidade, não existe uma explicação científica para este fenómeno. Uma das teorias, citadas no portal Lusíadas, é de que seja uma espécie de ‘partida’ pregada pelo cérebro, em que a sensação de familiaridade ocorre porque uma situação, um local ou um cheiro nos remete para uma memória em particular.

Outra explicação, citada pelo Metrópoles, prende-se com o facto de poder ocorrer uma falha no processo de armazenamento das memórias, o que faz com que ocorra uma sobreposição em que se misturam acontecimentos recentes e menos recentes.

Fabiano de Abreu, neurocientista e diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito, no Brasil, o ‘déjà vu’ deve ser analisado por um especialista se ocorrer com frequência. O especialista explica que existem patologias associadas a esta sensação. As principais são a epilepsia e doenças psiquiátricas. 


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista