Dois mortos e cinco feridos em ataque contra base militar na Colômbia

10/02/2022

O ataque foi perpetrado na quarta-feira contra a caserna do batalhão de infantaria 21, localizada no município de Granada, no departamento de Meta, segundo o exército.

O comandante da quarta divisão do exército, general Antonio Beltrán Díaz, atribuiu o ataque a um grupo dissidente das antigas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), conhecido como “Jorge Briceño”, que tentou “trazer um carrinho de motocicleta com comida para algumas das unidades que estão acantonadas”.

A ação de um soldado, que morreu na explosão, impediu a entrada do veículo nas instalações, acrescentou o oficial, que lamentou a morte do soldado.

Na região onde o ataque foi cometido, existem grupos que resultaram da desmobilização das Forças de Auto-Defesa Unidas paramilitares da Colômbia (AUC) e dissidentes das FARC que, segundo a Provedoria de Justiça, lutam pelo controlo territorial desta área localizada nas planícies orientais.

Nos últimos meses, a violência aumentou em quase toda a Colômbia, mas a situação é particularmente delicada nos departamentos de Cauca (sudoeste), Arauca (leste) e nas regiões de Catatumbo, na fronteira com a Venezuela, Bajo Cauca Antioqueño (noroeste) e Pacífico sul.

No domingo passado, um carro armadilhado explodiu perto da esquadra da polícia na cidade colombiana de Padilla, Cauca, deixando três feridos.

Em 20 de janeiro, uma pessoa morreu e cinco ficaram feridas na explosão de um carro armadilhado numa zona central de Saravena, no departamento de Arauca, na fronteira com a Venezuela.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista