CGD sobe salário mínimo dos trabalhadores nos quadros para 1.359 euros

11/02/2022

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) anunciou esta sexta-feira que aumentou o salário mínimo aos trabalhadores nos quadros para 1.359 euros, adiantando ainda que vai investir 1,9 milhões de euros em formação em 2022.

“Este aumento coloca a remuneração mínima oferecida pelo banco aos seus colaboradores substancialmente acima daquele que é o vencimento médio a nível nacional”, nota o banco, em comunicado enviado às redações. 

A instituição bancária refere ainda que o “salário mínimo pago aos colaboradores da Caixa, de 1.359,03 euros (incluindo subsídio de alimentação), reforça ainda mais o salário médio dos trabalhadores que estão nos quadros da Caixa que ascende a 2.462 euros”.

O banco revela também que esta valorização salarial será acompanhada por uma aposta na formação dos profissionais, adiantando que irá investir 1,9 milhões de euros para este fim ao longo deste ano.

“A valorização dos profissionais da Caixa, que só é possível graças ao empenho e ambição de todos, passa também pela aposta na sua formação contínua, dotando-os de competências que permitam dar resposta às exigências do setor financeiro de hoje”, pode ler-se no mesmo comunicado. 

Em 2021, a Caixa diz ter investido 1,65 milhões de euros em ações de formação para os seus colaboradores. “Entre 2017 e 2022, o montante total empregue em formação ascende a 8,5 milhões de euros”, acrescenta a instituição.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Faixa Atual

Título

Artista