Alex Costa vinca "incapacidade" do Vitória em reter "dados" dos sócios

08/02/2022

Após a candidatura ‘Mais Vitória’, liderada por António Miguel Cardoso, ter denunciado, em comunicado, que a lista ‘Um Vitória de todos’, encabeçada pelo atual presidente, Miguel Pinto Lisboa, foi formalizada com “assinaturas falsificadas”, o líder da candidatura ‘Sim Vitória’ reconheceu que o que aconteceu na segunda-feira, durante a validação das listas, é “grave”, não só pela alegada ilegalidade, mas também pela falta de salvaguarda de dados.

“O que nos preocupa não são só as eleições do Vitória. É também o Vitória. Queremos que Miguel Pinto Lisboa vá a jogo e seja julgado pelo que tem vindo a fazer. O que me preocupa mais é a incapacidade do Vitória em preservar os dados dos associados do Vitória. Não concordamos em absoluto com a incapacidade da instituição em preservá-los”, disse, em conferência de imprensa.

Apesar de ter defendido que a mesa da assembleia-geral, presidida por José Antunes, precisava de “tempo para tomar as decisões”, Alex Costa realçou que a falha no processo de validação das assinaturas subscritoras das listas, decorrido na segunda-feira, tem “responsáveis” e “envergonha o nome” do clube vimaranense.

“A responsabilidade não é nossa. Há culpados e responsáveis. Não contem connosco para um processo de vitimização. Não nos cabe invalidar qualquer candidatura. Isso só cabe ao presidente da mesa da assembleia-geral”, acrescentou.

Ao lado do antigo futebolista de Vitória de Guimarães, Benfica, Moreirense e Wolfsburgo, o candidato a presidente da mesa da assembleia-geral, Rui Vaz, mostrou-se desagradado com a presença do seu nome entre as assinaturas de uma outra lista, sem “ninguém lhe pedir”.

“A pedido do presidente da mesa da assembleia-geral do Vitória, participámos na validação das três listas concorrentes. Chegámos à conclusão que, numa das listas, os nomes não correspondiam à verdade […]. O presidente da mesa da assembleia remeteu a situação para uma reunião hoje, às 10:00, sem poder emitir qualquer tipo de comunicado, mas o Vitória emitiu hoje um comunicado a dar conta da validação das listas, ao contrário do que estava definido”, explicou.

O candidato à mesa da assembleia-geral e antigo médico do clube disse, em nome da lista, a José Antunes para “cumprir escrupulosamente os estatutos” e para marcar nova reunião com as listas, para as 16:30 de hoje, mas disse ter a “convicção” de que “nada está ainda decidido”.

Questionado sobre uma eventual ação judicial da lista ‘Sim Vitória’ a propósito do uso indevido da sua assinatura, Rui Vaz disse que “vai fazer por não fazer isso”, até porque pode “prejudicar o clube”, mas prometeu enviar “um documento” à mesa da assembleia-geral para “ficar em ata”, a “dar conta do descontentamento”.


Faixa Atual

Título

Artista